Ex Improviso

Mínimo sou, mas quando ao Nada empresto a minha elementar realidade, o Nada é só o Resto. Reinaldo Ferreira

My Photo
Name:
Location: Lisboa, Portugal

Dizem que sou como o sol mas com nuvens como na Cornualha

Friday, September 05, 2008

As coisas mudam

Há três anos e pouco que iniciei o blog.
Na altura foi um grande entusiasmo. Escrevia que me fartava. Visitava os outros blogs. Alguns tornaram-se passagem obrigatória até hoje. Procurava imagens. Publicava fotos. Mudava as músicas amiúde.

Tive algumas dores de cabeça por não saber manusear o blogger. Perdia posts. Perdia imagens. Uma vez perdi o blog. Andava desolada.

Com o tempo fui espaçando as minhas publicações. Cada vez mais e mais.
Por falta de tempo. Por falta de assunto. Por falta daquelas pessoas a que já me tinha habituado e acabaram com os seus blogs.

As coisas mudam. Levamos anos a fazer sempre a mesma coisa e de repente as coisas mudam. Ou então não mudam de repente. Mudam devagarinho. Acontece uma coisa agora. E outra daqui a bocado. Acontecimentos sem importância a que até nem damos significado nenhum mas que são um prelúdio para o grande acontecimento, aquele que muda a nossa vida em 180 graus.

E assim de repente, ou devagarinho, fiquei sem tempo para o meu blog, porque desvio a minha motivação para outro acontecimento, acumulação de prelúdios. E, contudo, sem querer perdê-lo de vez, vou à gaveta e nada. Nem um texto da Ana e Leonor, nem um Fragmento, nem um momento da escola.

Apenas o vazio de uma gaveta à espera de mais tempo para ela.

Leonoreta

18 Comments:

Blogger O Micróbio II said...

Eu ainda por cá ando, e espero que desse lado surja a motivação...

9:20 PM  
Blogger Alfazema Azul said...

Estou assim mas sentia um impulso constante para reabrir o Alfazema azul. E reabri! E agora tenho vários blogs mas não tenho tempo,não tenho inspiração,as palavras não saem. Não os fecho mas sinto-me vazia.

Não desistas, Leonor! Fazes falta na blogosfera.

Beijinhos

11:22 PM  
Blogger M. said...

Pois, acontece assim a muito boa gente. Por isso só agora venho aqui agradecer a visitinha ao PPP. Tenho tido pouco tempo para andar por aqui.

3:20 PM  
Blogger augustoM said...

Olá Leonor
E assim, devagar, devagarinho, sem darmos por isso, sem vontade que a conteça, as coisas vão acabando, ficando sá as saudades das pessoas com quem nesse tempo, o tempo partilhámos.
Um beijo. Augusto

9:52 PM  
Anonymous bell said...

Acontece um pouco com todos. O formato cansa. É preciso reinventar. Às tantas, sentimos que estamos sempre a dizer o mesmo, que nos repetimos, depois "ocupa" muito tempo e há cada vez mais coisas a fazer.

1:59 PM  
Blogger éme. said...

Pois é! :)
E é engraçado o que nos custa, os blogs amigos, ficarem sem palavras...
Tive, antes, um outro lugar onde passava certinho todos os dias, mas também chegou a um momento que pareceu ser o certo para deixar uma mensagem fixa: era dia de aniversário do Zeca Afonso e estava na hora de, também eu, fazer a trouxa e zarpar!

Agora aqui volto, depois de uma paragem para férias (e tentativa de resistência a esta coisa de passar os dias "ligada-às-máquinas"!) e verifico que muitos companheiros destas andanças estiveram meio quietos ou a pensar aquietar os espaços...

Oh, Leonor... vem aí a Escola, está mesmo mesmo quase aqui... Vão voltar as histórias, as novas histórias, outras cores e novas vidas com tanto para contar! :)

Por favor... venham dai as escritinhas que nos fazem acreditar!

Beijinhos, sim?!

11:13 PM  
Blogger manhã said...

é verdade que vamos perdendo pelo caminho alguns dos interlocutores com quem nos ligámos e parecemos andar assim no é ter, sem referências, mas também é verdade que as mudanças, naturais nos mostram a verdade das coisas, é assim.

11:19 PM  
Blogger heretico said...

escrita é prazer...

e para manter a "tensão", por vezes é necessário um "amuo"... rss

beijos

11:26 PM  
Blogger batista said...

Leonor, querida Amiga, relutamos em deixar pessoas, lugares... que de algum modo criamos laços de carinho.

Bem, inda estamos por cá, não é mesmo? Não mais com regularidade d'antes, mas estamos por cá. E tem algo que não nos poderá ser tirado: aprendemos uns com os outros. Distâncias foram encurtadas... e o que é melhor, ganhei, ganhei verdadeiramente amigos, amigas, onde destaco VOCÊ!

Um abraço fraterno, prenhe de carinho.

11:54 AM  
Blogger Alguem!?! said...

Eu tambem ando assim mas sempre que posso coloco alguma coisita nem que seja um video que goste. As nossas prioridades/passatempos mudam com o tempo...mas a vida é assim. ;)
Mas espero que continues porque gosto muito do teu blog. ;)

12:34 PM  
Blogger batista said...

doce Amiga, passando só para dizer "oi!", desejar-te um dia bom.
inté!

2:52 PM  
Blogger Saltapocinhas said...

quando as aulas recomeçarem vais ter milhentas histórias!!

e como a quantidade nunca superará a qualidade, continuas a ter um excelente blog, dos melhores que ´conheço!!

(mas nem sempre comento, que o tempo não abunda e eu procuro apenas retribuir comentários...)

4:21 PM  
Blogger Mocho Falante said...

Querida Leonor, também passo pelo mesmo momento, mas sou incapaz de fechar a porta, o meu poiso abriu-me a porta para novas pessoas muito interessantes e até especiais e tu fazes parte sem dúvida desse grupo que eu adorei conhecer..

beijocas

9:06 PM  
Blogger com senso said...

Muitas vezes tenho sentido todas as dificuldades que referiu.
Também durante meses interrompi o blog, pois a falta de tempo, com a absorção por questões mais urgentes, profissionais e familiares, a isso me obrigou.
Mas depois retomei, e retomei com a decisão de o ir mantendo, se não for com posts semanais, serão quinzenais ou mensais... mas permanecer...
Acho que me faz bem esta forma de comunicação.
Não sei se é isso que sente, mas o verdade é que tenho de lhe dizer que o seu blog faz-nos sentir bem a nós, aos seus leitores.
Por isso, pela minha parte, agradeço que se mantenha, é uma grande mais-valia na blogosfera.
Um beijinho com amizade.

9:11 AM  
Anonymous JMC said...

"As coisas mudam"

A quem o diz Leonor, nestes ultimos tempos pelos motivos que aponta e outros que têm como consequencia o mesmo fim, nos vai afastando literalmente de coisa que 'rotineiramente' estavamos habituados a fazer e que de uma forma mais ou menos abrupta tivemos de interromper ou mesmo deixar de fazer.

Vou agora retomar com a assiduidade possivel o contacto com os amigos que durante muito tempo tive o prazer de os ler e comentar.

Um Abraço
Bom fim de semana

JMC

4:09 PM  
Blogger th said...

Ccomo eu te compreendo, minha querida, também a minha vida deu uma volta de pelo menos 180 graus.
Estou agora a descobrir novos prazeres, estou irremediávelmente reformada...caíram-me nos braços cansados, fins-de-semana e lindos dias de sol, que há muitos...mas mesmo muitos anos, não tinha a sorte de poder gozar com a família e amigos.
Mas não estejas triste, lentamente, tal como espero que aconteça comigo, irás publicando, com mais calma, sem aquele compromisso, aquela urgência de datas, mas de certeza com mais prazer.
Um beijo e que tudo esteja a teu contento, theo

10:08 PM  
Blogger Gi said...

Olá, Leonor, cheguei até aqui através da Bell e de uns prémios que ela ofereceu.
Eu, por enquanto, ainda ando na 1ª fase e espero assim continuar.
Tem-me feito muito bem :D
Quando criamos um blog, não há obrigatoriedade de nada, quando ele começa a ser opressivo e obsessivo, podemos parar a qualquer momento.
Uma coisa boa nos blogues é que aqui podemos realmente tudo, enquanto que na Vida não.
Devemos utilizar, esse nosso "infinito" poder, como em tudo, vcom bom senso e contenção.

2:06 PM  
Blogger APC said...

É... As coisas mudam, e (entre)tanto já tanto terá mudado ao cabo de três anos que também eu os fiz. E ainda me lembro que publicavas todo o santo sábado, não era? E eu vinha, sentava-me com tempo e lia-te fielmente. Mas o tempo - esse que passa por ti, por mim, por todos - faz destas e doutras, e nem sempre está do lado da vontade de escrever, de dar de nós aos outros. Todavia, como as coisas mudam assim mesmo: contínua e aleatoriamente, em breve também isso poderá mudar. Dada toda a imprevisibilidade da vida, no limite seremos atacados por ET e ninguém escreverá em blogs durante uns tempos (lol); ou então nada disso acontece, a tua motivação reaparece e voltarás a escrever não tarda (o que também é possível, apesar da versão dos ET ser imensamente provável, hem?).

:-P

7:03 AM  

Post a Comment

<< Home