Ex Improviso

Mínimo sou, mas quando ao Nada empresto a minha elementar realidade, o Nada é só o Resto. Reinaldo Ferreira

My Photo
Name:
Location: Lisboa, Portugal

Dizem que sou como o sol mas com nuvens como na Cornualha

Saturday, May 27, 2006

A história de Pancho Cacos

Como todos os mexicanos Paco é baixo, apresentando um tronco atarracado e umas pernas demasiado pequenas em relação ao tronco. Tez morena. Cabelo liso, preto, espetado. Todo ele herança azteca. Lembra o Cantiflas.
Soldado do exército do revolucionário Emiliano Zapata, tem uma contenda com o seu companheiro de causa nobre, a independência do México que vive subjugado pela presença espanhola.

Frente a frente num duelo de pistola (colt 48), Paco pergunta a Pancho, dando-lhe o derradeiro momento final da sua vida.

- Hombre, qual es tu nombre ?
- Pancho Billas. Aora te olvidaste?

Paco responde com um tiro certeiro no amigo, deitando-o por terra

- Entonces, aora tu nombre es Pancho Cacos.



Isto foi a única coisa que me lembrei de publicar hoje. Mais valia ficar quieta, eu sei.
Perdoem o meu espanhol. Todos os portugueses têm a mania que sabem falar espanhol mas não sabem. O Mixtu, se ler isto, vai jogar as mãos à cabeça.
Uma última nota: qualquer referência histórica mal feita é pura coincidência com a invenção. (Dan Brown faz o mesmo e vende milhões. Também quero.)


da Leonor

24 Comments:

Blogger António said...

Querida Leonor!
Nem mesmo quando resolves contar uma história horrivelmente sanguinária deixas de me deliciar com a tua escrita fluente e mordaz.

Beijinhos

6:03 PM  
Blogger lena said...

escreves sempre bem e surpreendes, seja qual for o tema, lembro-me do meu pai contar esta história em português , ao principio nem a entedia, achava graça ao Pancho, pela sua simpatia

tudo de bom para ti neste fim de semana, doce Leonor e tenho a certeza que o Mixtu se vai rir embora ainda em viagens com a sua Carmencita e hoje até me apetece fazer como ele yayayaya

beijinhos e um abraço cheio de ternura

lena

9:50 PM  
Blogger AS said...

O Dan Brown, aplicou a fórmula do sucesso!

Criou a polémica, questionou factos históricos adquiridos, as grandes multinacionais cinematográficas investiram milhões de dólares em publicidade e por fim até o Busch contou uma anedota sobre o filme... Sucesso Garantido!!!

Uu já vi o filme, por isso posso falar! e dido-te que esse duelo que relatas, com os mesmos apoios... não sei, não!!!

Um beijo grande!

9:55 PM  
Blogger António said...

Querida Leonor!
Voltei só para agradecer o teu comentário ao diálogo das Tias...eh eh

Beijinhos

9:55 PM  
Anonymous JMC said...

Nem sempre a inspiração é a melhor.
Mas há um ditado popular que diz, 'quem não usa esquece', portanto á que continuar, improvisar, ensaiar, enfim escrever.

Bom fim de semana.

JMC

9:33 AM  
Blogger augustoM said...

Por mim podes vender milhões até mesmo biliões, mas não te esqueças que o importante não é o que se escreve, mas como é publicitado. Quanto mais controverso, mesmo que a controvércia não tenha razão de exitir melhor, é isso que o leitor gosta, ser enganado por uma ideia, que faça eco no seu eu maudoso.

Quanto à discrição da figura do Paco, infelizmente é essa a trite e pertendida ridícula imagem dos Mexicanos, que os americanos tentam passar. Feios, porcos, miseráveis e estúpidos.

Quanto eu que sei do nosso amigo Pancho,
o tiro certeiro do Paco, talvez tenha mais cabimento do que pode parecer no teu post.
A tua pequena história representa muito mais do que uma simples anedota, podes ter a certeza.
Um beijo. Augusto

11:14 AM  
Blogger travessias said...

Vale sempre a pena passar por aqui. Até para desejar uma boa semana.

6:21 PM  
Anonymous Ana Joana said...

Olá Leonoretta!

Como acho que os acasos nunca o são assim tanto, palpita-me que se tivesses uma varinha mágica.... apetecer-te-ia ser Paco para "brincares" com um Sancho qualquer rsss.

Beijinhos e boa semana

Ana Joana

9:36 PM  
Anonymous batista filho said...

Afiada como sempre, ao escreveres. Valeu, amiga! Um abraço fraterno, extensivo ao VP. Inté,

3:28 AM  
Blogger Leonoretta said...

pois é.
desde que passei a moderar os comentarios alguns vão parar ao lixo electronico e nao se deixam publicar.

deste modo se nao vai de uma maneira vai de outra. colo-os simplesmente como este aqui do mocho falante.



ahahahahahahahah
só tu mesmo....

se não nascesses serias inventada de certeza

besos

6:35 PM  
Blogger Helder Ribau said...

bonitooo

12:47 AM  
Blogger Dumb said...

Publica que eu compro :)

10:13 AM  
Blogger Barão da Tróia II said...

Ok conseguiste pelo menos fazer-me rir. Afinal iso já justifica que não tivesses ficado quieta, obrigado

12:29 PM  
Blogger O Micróbio II said...

Falta-te uma coisa em relação ao Dan Brown... um estudo do mercado. As histórias de cowboys já não são moda (já foram, aqui há uns meses atrás)... agora o que está a dar são romances de religião-ficção!

3:34 PM  
Blogger PreDatado said...

Para os meus conhecimentos da língua de nuestros hermanos, até que está muy bien!

8:17 PM  
Blogger António said...

Querida Leonor!
E aqui estou a agradecer o teu comentário ao meu post "Está calor!"

Beijinhos

11:08 PM  
Anonymous Cris said...

rssss, Leonor!

- Soy el José del Paraguay e viengo aquí para te matar ¡!

- Para que ¡!? – lo cuestiona Antonio

- ¡! Paraguay ¡!



Ai, nina! Aitcho que por mor do calori os neuroinis se me impertigaitarum e as palabras inté se descarrilabarum!

Beijo, Linda!

11:46 PM  
Blogger zezinhomota said...

Ao ler este texto fui obrigado a lembrar-me de gratas recordações do meu tempo de menino.
Fazia colecção do livros de bd o "Mundo de Aventuras" e o "Condor Popular" e os coy-boys é isso mesmo.
Fique bem, de preferência com um sorriso.
ZezinhoMota

10:40 AM  
Blogger Betty Branco Martins said...

Olá Querida Leonor

Acabei de chegar. E vou ficar pelo menos até Julho

Obrigada de todo o coração pela tua visita, na minha ausência.

Qualquer coisa que escrevas, tem um "toque" muito especial, o TEU!

Beijos cheios de carinho

3:20 PM  
Blogger Betty Branco Martins said...

Minha querida Leonor

Já leste a "Mulher Foca"?

Olha que é uma delícia. Gostas de chocolate? se sim! é uma delícia de chocolate:))

Beijinhos meigos

2:06 AM  
Blogger Henrique Santos said...

Pancho, como te chamas?
Pancho Gonzalez, senhor...
PUUUMMMM!
Chamavas-te!

... os filmes de "coboiada" que saudades... pudera, tinha menos de vinte e mais de dez... era adolescente inconsequentemente namoradeiro, feliz e contente...

Pela lembrança, bjinhos Ricky

3:05 PM  
Blogger Henrique Santos said...

... ah essa do Dan Brown, oh minina ele é mágico manipulador de factos... é difícil fazer melhor ou igual... esquece... 'tás bem assim... eu gosto e mais um quinhão largo de gente... consola-te...
Ricky, o esquecido...

3:08 PM  
Blogger mixtu said...

yayaya,
põe este post en comment no meu post para te responder à altura,
yayaayya
mas eu tinha ideia qu efui eu que inventei esta e outras, msa curioso como os catellanos não sabem o que é billa, não percebem, yayaya

9:07 PM  
Anonymous Anonymous said...

Very nice site! 1992 mitsubishi eclipse check engine light

1:25 AM  

Post a Comment

<< Home