Ex Improviso

Mínimo sou, mas quando ao Nada empresto a minha elementar realidade, o Nada é só o Resto. Reinaldo Ferreira

My Photo
Name:
Location: Lisboa, Portugal

Dizem que sou como o sol mas com nuvens como na Cornualha

Monday, August 03, 2009

Reforço positivo

As aulas já acabaram há um mês e já tenho saudades do reboliço da sala de aula.
Ao fazer a arrumação habitual de fichas utilizadas ao longo do ano lectivo deparei-me com uma série de desenhos, ofertas diárias dos meus alunos. A maior parte eram da Teresa que sempre que eu lhe dava um bom me gratificava com uma ilustração da sua autoria. Quando eu lhe dava um muito bom depositava-me em silêncio um rebuçado de fruta em cima da minha secretária.

Aqui, Skinner, o reforço positivo era dado a mim pela minha aluna. “Levas desenho e rebuçado se me deres boas notas, caso contrário….”. como é que explicas isso?

Tenho saudades daquele reboliço.

Leonoreta

Labels:

12 Comments:

Anonymous A.S. said...

Leonor...

Continuas e partilhar fragmentos de vida que representam para ti um universo onde nunca o brilho das estrelas te confunde!
Tenho passado discreta e esporádicamente pelo teu espaço e, depois de tanto tempo, ainda me surpreende como ainda existe alguém que, verdadeiramente, passa incólume ao lado dos conceitos pretensamente vanguardistas que desde há muito se instalaram nas nossas escolas. Admito, que nas tuas crianças, este impacto tenha sido menor, até porque considero que é a faixa etária onde, do meu ponto de vista, as coisas não estão assim tão mal. Espanta-me - isso sim - o teu talento para exerceres com mérito inexcedivel a tua profissão, a ternura com que olhas cada uma daquelas crianças... Acredita minha querida amiga, que quando essas crianças forem adultos e tu precisares de mais umas dioptrias, ainda te recordarão com um misto de gratidão e de saudade!
Eu continuo na mesma, começando a escrever nunca mais me calo!
Quanto a mim... tudo bem!
Para além de mais uns livros já publicados, alguns com mais que uma edição, alguns prémios...vou publicar outro lá para Outubro/Novembro.
Foi esse um dos motivos que me levou a abrir os comentários.
Acho que já me alonguei. deves estar a rogar-me pragas! :))
Foi uma boa surpresa que me fizeste!

Beijinhos...

9:31 PM  
Blogger heretico said...

não há... rebuçados grátis! rss

beijo

9:29 PM  
Blogger Chat-blogger said...

Quantos rebuçados recebes-te este ano lectivo!? :D

Espero que tenham sido muitos pois uma professora assim merece. ;)

1:24 PM  
Blogger Mocho Falante said...

e sorte tens tu de ela não te colocar nos labirintos como Skinner fazia com os ratos lol

beijocas

12:31 PM  
Anonymous Anonymous said...

Rebuçados não gosto muito, mas se tiveres aí um bolinho, não digo que não.
Béu, Leonor


SIMÃO

9:46 AM  
Anonymous JMC said...

No fundo no fundo, não são só os alunos que gostam de ser reconhecidos pelo seu trabalho.
E, ao fim de um mês, já está com saudades dos alunos, mas vai ver que dentro de dias vai estar a preparar o novo Ano e mais cedo do que parece, estará de novo dar aulas e a receber novas atitudes de carinho.

JMC

11:52 AM  
Blogger Leonor said...

Para JMC

oxalá JMC, oxalá.
e com o começo do novo ano lectivo mato saudades

como dizia o sergio godinho ás tantas numa das suas cançoes
"de matar não gosto muito mas saudades nao me importo".

obrigado pela sua visita sempre tão simpatica.

abraço da leonoreta

8:25 PM  
Blogger APC said...

:-) Doces linhas. Não condiciona, mas de alguma forma reforça sim! :-)

6:27 AM  
Blogger mixtu said...

grande futuro o da Teresa...
yayayay
é assim... temos que adoçar a boca e regar a imaginação ed quem tem o futuro nas suas mãos...

abrazo serrano

11:01 PM  
Blogger A.J.Faria said...

Olá, Leonor!
Que grandes lições nos proporcionas, com a tua atitude, com a tua afectividade perante os alunos.
É uma sorte ter uma professora assim!

Com amizade!

2:37 PM  
Anonymous mar said...

Mais uma das tuas belas histórias :)*******

3:29 PM  
Anonymous JMC said...

Humm.
Nada ...?

JMC

4:07 PM  

Post a Comment

<< Home